Skip to main content

Os dados de furos de sondagem ou de poços (coletivamente denominados dados de sondagem neste blog) são a essência de cada projeto Leapfrog. O objeto de dados de sondagem fornece a fonte primária de dados para modelagem implícita e é o início de todos os fluxos de trabalho dinâmicos no Leapfrog. Com o lançamento do Leapfrog Geo 2021.1, do Leapfrog Works 2021.1 e do Leapfrog Geothermal 2021.1, não há mais limites para o número de conjuntos de dados de sondagem que podem ser importados para um projeto. O upgrade dessa funcionalidade imprescindível foi uma grande realização que garante novas possibilidades de fluxo de trabalho.

O Leapfrog 2021.1 já conta com a fase 1 de um grande upgrade nos conjuntos de dados de furos de sondagem e de poços, e mais upgrades ocorrerão em versões futuras. Embora essa seja apenas a primeira fase, os modeladores já encontram vantagens significativas. Por exemplo, se o projeto em processo de modelagem tiver duas fontes de informações de sondagem, converter essas informações em um arquivo de origem pode ser difícil. Agora, você pode importar mais de um conjunto de dados de sondagem de diferentes fontes de dados. Essas fontes de dados incluem o Seequent Central, ODBC, acQuire, OpenGround Cloud e dados históricos em CSV precisos.

A funcionalidade completa atual do objeto de furo de sondagem está disponível em cada conjunto de dados de sondagem que é importado para o projeto. Para cada conjunto, você pode executar validação, realizar compositagem, criar tabelas consolidadas, importar informações estruturais e de pontos além de usar todas as outras funções já existentes. As informações de sondagem ainda não podem ser combinadas entre conjuntos de sondagem, mas já estamos trabalhando para isso. No entanto, dados de vários conjuntos de dados de sondagem podem ser usados em modelos geológicos e numéricos no Leapfrog. Os modelos geológicos permitem que apenas uma coluna de litologia base seja selecionada, mas superfícies no modelo podem ser reforçadas com dados de vários conjuntos de dados usando as opções Add (Adicionar) nas opções Other Contacts (Outros contatos). Isso permite selecionar contatos de qualquer conjunto de dados de sondagem. Da mesma forma, para modelos numéricos, outros dados numéricos de qualquer conjunto de dados de sondagem podem ser adicionados aos valores de base, o que permite fluxos de trabalho bastante aprimorados.

Agora, a ferramenta de correlação de furos de sondagem permite selecionar collars de vários conjuntos de dados e, portanto, é possível comparar dados entre diferentes fontes. Uma tabela de interpretação pode ser criada, e esses dados serão informados ao conjunto de dados de sondagem que foi atribuído como a coluna de interpretação base.

Mantenha diferentes tipos de dados separados

Considere um caso de mineração em que dados de sondagem diamantada de alta qualidade têm sido usados para definir um modelo de recursos antes da mineração. Essa sondagem diamantada foi registrada com muitos detalhes e testada com um grande pacote de elementos. O modelo geológico pré-mineração foi baseado em um agrupamento refinado dos dados detalhados, mas todas as informações foram importadas para o projeto base.
Após o início da mineração, a sondagem por circulação reversa (RC, reverse circulation) é mais econômica e deve ser usada para atualizar e refinar progressivamente o modelo com dados de amostras próximas umas das outras antes da escavação. A experiência adquirida no desenvolvimento do recurso preliminar, e agora validada pela mineração, mostrou que apenas um subconjunto reduzido de informações de descrição de testemunhos de sondagem e apenas alguns elementos-chave são necessários. Anteriormente, para anexar dados de sondagem por circulação reversa aos dados de sondagem diamantada no recurso preliminar, as tabelas de dados de circulação reversa precisavam estar no mesmo formato das tabelas no projeto original, e muitas vezes isso exigia uma manipulação considerável de arquivos externos.

Agora, se necessário, as informações de sondagem por circulação reversa podem ser importadas para o projeto como um conjunto de dados de sondagem separado a partir de uma outra fonte de dados; com isso, o conjunto de dados original dos dados de sondagem diamantada permanece inalterado. As informações de contato de sondagem por circulação reversa podem ser usadas para atualizar superfícies geológicas.

Exemplos de fluxos de trabalho semelhantes podem ser considerados para os setores civil e ambiental. Por exemplo, é comum que o suporte regulatório desses setores estabeleça os níveis de confiabilidade que podem ser aplicados a diferentes tipos de sondagem e a dados históricos ou de legado. Agora, você pode importar e manter separados os dados de diferentes tipos enquanto usa todos os conjuntos de dados na criação de modelos. E, seguida, ferramentas como funções de distância podem ser usadas para classificar os modelos com base na proximidade de diferentes fontes de dados.

Reduza recarregamentos e processamentos posteriores

Anteriormente, todos os novos dados precisavam ser anexados a um único conjunto de dados de sondagem, iniciando o processamento de objetos finais, a menos que especificamente excluídos do processamento por um filtro de consultas pré-compilação. Isso era necessário inclusive para visualizar e validar novos dados. Agora, novas informações podem ser importadas como um conjunto de dados separado e visualizadas/validadas em relação a informações existentes e modelos já criados, e nenhum reprocessamento é necessário. Em seguida, você pode anexar os dados verificados a um conjunto existente ou adicionar os dados a modelos usando pontos de contato. A capacidade de visualizar, validar e verificar dados antes de incorporá-los a modelos simplifica os fluxos de trabalho para adicionar novos dados; além disso, a modelagem e a análise de dados tornam-se mais eficientes.

Essa mudança fundamental é a mais expressiva no Leapfrog desde que foi lançado. Os casos de uso desse recurso são incontáveis. A partir desse lançamento, o próximo marco em nosso roteiro é desenvolver as interações entre os diferentes conjuntos de dados de sondagem e mesclá-los para gerar ainda mais valor na modelagem geológica. Os vários recursos de dados de furos de sondagem e de poços garantem mais controle dos dados e permitem idealizar fluxos de trabalho novos e criativos no Leapfrog.

Tudo pronto para importar vários conjuntos de dados de sondagem para o seu projeto Leapfrog?

Faça download do Leapfrog 2021.1