Skip to main content

A ESG faz parte do processo de aquisição de talentos

Enquanto alguns de nós que já trabalham no setor estão cientes das oportunidades que a mineração industrial pode oferecer à próxima geração de engenheiros e líderes (a chance de se envolver em um trabalho interessante, desafiador e essencial combinado a uma carreira longa e excelentes perspectivas de desenvolvimento da carreira), o setor de mineração deve primeiro se concentrar em sua reputação e adotar a agenda de ESG. Se isso não ocorrer, as próximas gerações de inovadores vão buscar outro setor.

Na verdade, para os engenheiros, cientistas e líderes que aplicam a ESG em seus processos de tomada de decisão, a mineração é um setor onde eles, sem dúvida, encontram uma das melhores oportunidades para incentivar melhorias no desempenho da ESG. Eles podem preparar o caminho para um progresso genuíno no alcance de metas ambiciosas de meio ambiente e sustentabilidade. Atualmente, o papel das empresas de mineração é criar uma plataforma que garanta aos engenheiros e cientistas a possibilidade de fazer a diferença.

Direcionadores de ESG

A ESG faz parte da agenda há muito tempo. Os regulamentos tornam-se cada vez mais rigorosos e afetam cada vez mais áreas de operações. Atualmente, a diferença é que o foco na agenda de ESG está sendo orientada não apenas pelas agências reguladoras e pelos investidores, mas também está sendo avaliada por grupos mais amplos de stakeholders, como as comunidades dos locais em que as empresas de mineração operam. Como resultado, agora, a ESG tem um impacto tangível na cultura da empresa, à medida que funcionários e candidatos a vagas procuram compreender o papel que desempenham em suas comunidades, além do impacto que eles, como indivíduos, têm na sustentabilidade do meio ambiente onde atuam.

Agora, para atrair novos talentos e manter seus profissionais qualificados, as empresas de mineração precisam garantir que suas responsabilidades corporativas atendam não apenas ao que precisam fazer, mas também ao que devem fazer.

Para resolver isso, as empresas de mineração devem comercializar e se posicionar como cidadãos corporativos responsáveis e educar as gerações mais jovens sobre o que o setor faz para apoiar a sustentabilidade, o meio ambiente e as responsabilidades sociais corporativas. Mas essa agenda deve ser apoiada por evidências confiáveis, que é onde a transformação digital pode desempenhar um papel essencial.

Evolução cultural e digital

Com o aumento do foco em ESG de uma perspectiva regulatória, cultural e de seleção de talentos, as empresas de mineração precisam adotar ferramentas digitais e formas de trabalhar que garantam a permanência à frente da concorrência.

Como resultado da transformação digital contínua e da agenda de ESG em constante evolução, há mais requisitos do que nunca para novas qualificações, como especialistas ambientais, cientistas de dados, especialistas em TI e engenheiros de software, além de iniciativas de programas, e isso só cria mais oportunidades para funções multidisciplinares que podem ser boas para o desenvolvimento do setor e a variedade de planos de carreira disponíveis.

Nativos digitais

Com a revolução digital contínua e os requisitos em evolução para funções com foco em ESG, a chave para o sucesso está em aproveitar a capacidade dessas novas ferramentas e as habilidades e o potencial a fim melhorar o desempenho de ESG no setor de mineração.

Como nativos digitais, essa próxima geração de engenheiros e cientistas tem o potencial para aproveitar inovações de enorme impacto, como a Inteligência Artificial (IA), que podem realmente impulsionar o nosso setor em relação à ESG. Estes são os próximos cientistas de dados, engenheiros de dados, especialistas em IA e especialistas em mudanças climáticas, que, atualmente, perguntam como as empresas adotam um ambiente digital mais avançado. Eles nos dizem que essa questão é considerada na decisão de deixar a atual empresa em que trabalham e escolher a próxima.

Além da ‘caixa de seleção’

O setor de mineração está ciente das preocupações das gerações futuras e da possibilidade de se interessarem menos pelo setor devido ao seu impacto ambiental. Os talentos que poderíamos atrair para o setor de mineração certamente não buscarão empresas que não operam com responsabilidade.

Sabemos que, de modo geral, estamos fazendo grandes avanços na condução de nossas agendas de ESG e no nosso setor em direção à neutralidade de carbono e sustentabilidade, e também sabemos que não podemos garantir o sucesso futuro de nossas operações sem a próxima geração de inovadores, líderes e engenheiros.

Para garantir um futuro sustentável para o nosso setor, precisamos ser capazes de demonstrar que assumimos responsabilidades, que somos transparentes em nossas operações e que temos diálogo aberto com as comunidades locais e os stakeholders.

Este blog foi escrito por: Pieter Neethling – diretor de segmentos, operações de mineração, Seequent

Para ler mais sobre como a ESG está orientando a agenda cultural, leia o nosso artigo Mudanças em ESG no setor de mineração – de ameaças a oportunidades.

Download do relatório