Skip to main content
search

Previsões sobre águas subterrâneas com mais confiança e rapidez

Use dados para prever melhor o impacto das incertezas relacionadas a estruturas de aquíferos no fluxo de água.

Obtenha uma demonstração

Aumento da previsibilidade do fluxo de águas subterrâneas

Esqueça a interpretação manual de modelos de resistividade para litologias com essa abordagem semiautomatizada baseada em dados.

Previsão sobre águas subterrâneas com maior confiança

Os modelos tradicionais de fluxo de águas subterrâneas não refletem suficientemente as incertezas relacionadas a estruturas e o possível impacto sobre os modelos de transporte. O módulo HSM (Hydro-Structural Modelling), para modelagem hidroestrutural, usa modelos de resistividade de inversão geofísica e registros de litologias de furos de sondagem como dados de entrada para modelos de fluxo de águas subterrâneas.

Esta abordagem baseada em dados reduz as incertezas dispensando a interpretação manual de modelos de resistividade para litologias.

Aproveitamento de todos os dados dos levantamentos

Confiar em dados de furos de sondagem como a principal fonte de informação da litologia resulta em insuficiente cobertura espacial mas boa resolução vertical. Os dados geofísicos garantem uma boa cobertura espacial mas com informações geológicas indiretas.

Aproveitar os dados geofísicos e geológicos com essa abordagem única de inversão gera previsões mais precisas sobre águas subterrâneas.

Representação das incertezas relacionadas a estruturas nos modelos de fluxo de águas subterrâneas

Esqueça meses de interpretações e configurações manuais. A abordagem baseada em dados aproveita os modelos de inversão de resistividade incorporados ao AGS Workbench e os registros de litologia. Agora, é possível criar dados de entrada para modelos de fluxo de águas subterrâneas a fim de verificar melhor e mais rapidamente as incertezas relacionadas a estruturas.

Novos dados foram disponibilizados? Não tem problema!

Atualize facilmente os dados de entrada sobre estruturas ao obter novos dados. As atualizações dos modelos, que podem ser feitas em poucos cliques, garantem que eles estejam sempre baseados nos dados mais recentes.

Mais uma etapa

Exporte facilmente a fração de argila resultante e os modelos de agrupamentos para inclui-los diretamente em uma configuração de modelo de fluxo de águas subterrâneas ou em uma ferramenta para estatística de vários pontos (MPS, multiple-point statistics). Crie várias percepções para modelos de rastreamento de partículas a fim de visualizar o fluxo de água.

Desenvolvido com a Universidade de Aarhus

Líder mundialmente reconhecido em modelagem de fluxo de águas subterrâneas, a Hydro Geophysics Group of Aarhus University incentivou o desenvolvimento do módulo HSM para ajudar a enfrentar melhor os desafios de modelagem hidroestratigráfica.

Veja por que o AGS Workbench é líder em soluções de software de dados geofísicos para modelagem de fluxo de águas subterrâneas:

Bentley Systems anuncia aquisição da Aarhus GeoSoftware pela Seequent

Bentley Systems anuncia aquisição da Aarhus GeoSoftware pela Seequent

Enriquecer gêmeos digitais de subsuperfície por meio de sensoriamento remoto eletromagnético para Resiliência Hídrica, Ambiental ...
Mapping Denmarks water helicopter.job

Mapeamento das águas subterrâneas da Dinamarca por meio de levantamentos aéreos

As águas subterrâneas da Dinamarca são tão puras que é quase possível beber diretamente do ...

Melhoria dos modelos de fluxo de águas subterrâneas com uma abordagem baseada em dados

Obtenha uma demonstração

Rápidas decisões com base em dados

Aproveite o tempo interpretando os modelos e não criando-os.

Integração perfeita com o AGS Workbench 6.6

O Leapfrog Geo oferece ferramentas desenvolvidas para geólogos além de fluxos de trabalho lógicos que economizam tempo, evitam frustração e reduzem o tempo de treinamento.

Os usuários podem conhecer os conceitos básicos em apenas poucos dias e tornar-se proficientes rapidamente, o que garante modelagens mais rápidas e mais tempo para análises científicas.

Fluxo de trabalho semiautomatizado

Ao combinar informações de resistividade extraídas de dados geofísicos e de litologias de furos de sondagem, o módulo HSM cria modelos hidroestratigráficos com um fluxo de trabalho semiautomatizado em duas etapas.

A primeira etapa usa a modelagem da espessura de argila acumulada (ACT, accumulated clay thickness) para criar um modelo de fração de argila baseado em dados e, na segunda etapa, a usa para criar um modelo de agrupamento.

Compartilhamento e interoperabilidade

Realize mais uma etapa do fluxo de trabalho exportando o modelo de agrupamento e importando-o em um modelo de fluxo de águas subterrâneas ou em um programa de estatística de vários pontos.

Sem lacunas

A certeza das previsões sobre águas subterrâneas baseadas em modelos de dados hidrogeológicos é altamente dependente das informações extraídas dos dados de entrada disponíveis, e muitas vezes elas são limitadas.

As incertezas sobre estruturas hidrogeológicas podem ser estimadas com mais precisão usando este fluxo de trabalho baseado em dados, e as incertezas relacionadas a previsões sobre águas subterrâneas podem ser reduzidas preenchendo a lacuna entre dados geofísicos e modelagem de dados hidrogeológicos.

Informações úteis

Requisitos do sistema

Recomendamos o uso do Windows 10 com um processador razoavelmente rápido, uma placa de vídeo intermediária e 32 GB de memória do sistema.

Requisitos do sistema

Dados/formatos compatíveis

Tipos de dados e formatos compatíveis que podem ser usados com o Leapfrog Geo.

Tipos/formatos de dados

Saiba mais sobre o módulo HSM do AGS Workbench 6.6

Saiba mais