Skip to main content

Um ambiente digital em 3D é ideal para analisar seus planos de escavação de túneis e outras escavações e para combinar as disciplinas técnicas e os tipos de dados necessários para uma rigorosa análise numérica.

Francisco Diego

Diretor de gestão de produtos para geotecnia, Bentley Systems

Túneis e escavações profundas em projetos do setor de transportes exigem uma análise rigorosa da interação entre solo e estrutura e são os principais desafios para a engenharia geotécnica.

Existem vários requisitos importantes para um projeto bem-sucedido. A avaliação e o controle do desenvolvimento dos pontos de tensão sob altas cargas da torre durante uma sequência de construção de um túnel é um deles. A escavação de uma estação de metrô e a influência no movimento das construções adjacentes é outro. Mas há muitos mais.

Vários cenários e disciplinas técnicas precisam ser abordados e integrados em um ambiente digital em 3D. Uma das grandes complexidades é a previsão do impacto geotécnico e estrutural com base na simulação de um programa realista de construção em etapas.

Compilar e interpretar os dados para derivar os parâmetros de engenharia das diferentes unidades geotécnicas está altamente relacionado ao comportamento da análise. A confiabilidade de um projeto geotécnico depende, em grande parte, de como ele explica as incertezas nos parâmetros da análise e nos modelos constitutivos. Isso é assim, especialmente, em casos com comportamentos complexos de tensão e deformação que não podem ser representados adequadamente por modelos simples.

A interação entre solo e estrutura pode apresentar uma diferença significativa na representação do comportamento de construções em relação às reais condições da área subterrânea. Os projetos de construção de túneis em áreas urbanas enfrentam um nível maior de complexidade em zonas com possíveis efeitos de vibração de fundações de estacas, entre outros. Consequentemente, essas estruturas afetam a resposta umas das outras, e esse é um problema em 3D a ser resolvido.

Os benefícios da representação digital de alta qualidade

Atualmente, os engenheiros geotécnicos estão cientes das vantagens de usar a análise de elementos finitos em 3D para uma variedade de aplicações, como projeto de túneis, escavações e fundações. Em apoio a isso, modelos geológicos e efeitos estruturais podem ser melhor representados no espaço em 3D com uma representação digital de alta precisão. Com isso, os engenheiros e geólogos podem compreender toda a geometria, por exemplo, na simulação dos elementos estruturais de túneis e construções com condições geotécnicas da área ao redor.

O gêmeo digital em 3D para estruturas geológicas circundantes e de túneis pode ser usado para realizar simulações geotécnicas.

Ele permite modelar e analisar o projeto da empresa contratada durante a licitação, projetar estruturas subterrâneas associadas e realizar simulações da construção. A solução pode ser usada para modelar o comportamento altamente complexo do solo e das rochas para melhor prever recalques e evitar condições inesperadas de ruptura e efeitos críticos de tensão.

A rigorosa análise em 3D comprovadamente mostra economia ao reduzir o tempo de desenvolvimento do projeto sem deixar de atender a todos os requisitos de manutenção e fatores de segurança em um projeto do setor de transportes.

Para obter a versão completa deste recurso com mais ideias, dicas práticas, sugestões de produtos e um estudo de caso, faça o download do nosso eBook.

Controle do solo
Seis maneiras para o setor de transportes enfrentar os desafios relacionados à subsuperfície em seus projetos

Confira o nosso novo eBook

Faça o download agora