Skip to main content

Geralmente, a modelagem geológica só é iniciada após a conclusão do programa de perfuração, e esse atraso é um dos erros mais comuns que observamos no setor.

Kathryn GallSenior Technical Lead, Asia Pacific
  • Compreender os dados de um depósito com clareza
  • Garantir que o investimento em perfurações gere bons resultados
  • Ajustar os planos de exploração mais rapidamente
  • Apresentar aos investidores uma visão completa

A exploração está se tornando mais difícil, e as dificuldades para executar um projeto de exploração com sucesso continuam aumentando.

Como os depósitos mais fáceis já foram descobertos, os alvos de exploração devem ser buscados sob coberturas cada vez mais profundas, e os sistemas de mineralização estão cada vez mais complexos.

Portanto, atualmente, é essencial que as empresas novas no setor tenham uma visão clara de um depósito. Só assim será possível realizar as descobertas de maior valor e, ao mesmo tempo, controlar os custos concentrando-se nas áreas mais promissoras.

Um modelo geológico atualizado pode ser uma ferramenta indispensável para as empresas novas no setor exploração mineral que buscam garantir um controle eficiente do orçamento para o plano de perfuração, mas muitas vezes enfrentam dois desafios aqui. Essas empresas precisam criar um modelo preciso, dinâmico e atualizável, além de garantir que ele seja o principal pilar da exploração. Isso nem sempre acontece. Muitas vezes, a geologia nem sequer é incorporada ao processo de criação de domínio em 3D, e a modelagem geológica é iniciada somente após a conclusão das perfurações (quando você volta ao escritório).

Esse atraso é um dos erros mais comuns que observamos no setor. Principalmente as empresas novas no setor exploração mineral precisam visualizar, validar, analisar e interpretar os dados à medida que são coletados no campo para que possam avançar com rapidez e aumentar o valor de uma descoberta.

Deixe o modelo indicar quando avançar

Ao usar os modelos conceituais geológicos como base para realizar perfurações de alvos de exploração, e não como uma ação posterior, você pode ajudar sua equipe a compreender quando um alvo não apresenta o resultado esperado. É possível mudar rapidamente o foco para outras oportunidades e áreas mais promissoras.

Um modelo geológico preciso e baseado nas informações adequadas ajuda a apresentar uma visão consistente aos investidores para mostrar que você entende os controles estruturais e geológicos em sua mineralização, reduzindo assim os riscos do investimento. Ele permite transformar as informações sobre as rochas coletadas no campo em uma visão em 3D, além de permitir reunir essas informações de maneira que ofereça uma visão ampla aos investidores.

Crie um modelo logo e deixe o Leapfrog Geo ajudar

Qualquer modelo geológico é tão preciso quanto as suas informações mais atualizadas. É por isso que recomendamos criar um modelo geológico no início do processo e usar os recursos do Leapfrog Geo para atualizar as superfícies de maneira dinâmica. Isso garante que seu modelo geológico esteja sempre atualizado e apresente resultados baseados nas informações mais recentes.

Você terá um modelo dinâmico de campo que ajuda a identificar tendências e alvos, que de alguma forma não foram percebidos, além de agir em relação a eles enquanto ainda estiver no campo.

Por exemplo, na mina de cobre e molibdênio de Gibraltar da Taseko (a segunda maior mina de cobre a céu aberto no Canadá), o Geólogo Estrutural Chris Gallagher usou as ferramentas de modelagem do Leapfrog Geo para reunir eventos de deformação, domínio por domínio, e obter uma compreensão mais clara da geologia complexa. Isso melhorou a capacidade da equipe de prever a distribuição de cobre e o conjunto de alterações associadas à medida que o projeto avança.

Como manter os planos de perfuração ágeis e reativos

Um modelo geológico que pode ser atualizado com rapidez à medida que dados de novas perfurações são incorporados significa ajuste rápido dos planos de furos de sondagem. Um plano de furos de sondagem sempre alinhado às informações mais recentes sobre o depósito garante o valor máximo de cada furo de sondagem. Ele também mostra aos investidores que você tem uma equipe adaptável, capaz de reagir a essa mudança e com conhecimento detalhado do depósito; ou seja, uma equipe preparada para mudar e aproveitar o novo potencial quando ele surgir.

O tempo de reação é fundamental e, para ajudar as empresas novas no setor a permanecerem ágeis e terem maior chance de sucesso no campo, coletamos as opiniões dos especialistas da Seequent sobre descoberta geológica para criar o nosso eBook <strong>Seis etapas para melhoria da exploração para empresas novas no setor</strong>.

Você pode acessá-lo gratuitamente aqui e conhecer mais ideias e insights sobre exploração para empresas novas no setor em futuros posts do blog neste site.

Quer explorar de maneira mais rápida, inteligente e produtiva?

Leia o nosso eBook:
Seis etapas para melhoria da exploração para empresas novas no setor

Faça o download agora